Notícias Saúde Mental
Base Científica e Publicado em Revistas e Jornais da Especialidade
Tecnologia ao Serviço da Saúde Mental 

A tecnologia digital tem muito para contribuir para as condições da Saúde Mental.

O tratamento é benéfico para os pacientes que preferem discutir problemas através de um ecrã, em vez de cara a cara. A nível global existe uma grande lacuna entre a procura e a capacidade de tratamento, algo que a tecnologia poderia ajudar a preencher.

A Saúde Mental muitas vezes depende de questionários em papel e das memórias das pessoas, com o uso das novas tecnologias, potência-se uma maior análise de dados, podendo monitorar com rapidez através de dispositivos móveis.

A incorporação já está a acontecer - A Fundação de Saúde Mental de Manchester usa o ClinTouch, aplicativo móvel para pessoas que estão recuperando de psicose, esquizofrenia e transtorno bipolar. Embora os pacientes, sejam por norma acompanhados mensalmente, os sintomas de recaída podem aparecer em poucos dias, com o aplicativo, os utilizadores são questionados, como se sentem ao longo do dia e se existir alguma recaída, a aplicação envia um alerta.

Shôn Lewis, professor de psiquiatria da Universidade de Manchester, diz que cerca de metade dos pacientes considera útil e a maioria se mantém fiel á aplicação. Alguns utilizadores chegam a sugerir novas funções, como uma instalação de diário e lembretes de medicação.

 

Levou algum tempo para convencer os profissionais de saúde. “Estes pensaram que era ficção científica, que nunca funcionaria, que os pacientes nunca usariam”, Lewis, começou a trabalhar à uma década atrás nesta aplicação. Está agora na fase de testes finais e deverá ser lançada para o mercado ainda este ano.

Daniel Freeman, professor de psicologia clínica da Universidade de Oxford, liderou o tratamento do medo de alturas, colocando as pessoas num átrio virtual através do uso de headphones. O estudo científico revelou que os resultados superaram os da terapia presencial, neste momento já está disponível este tratamento em algumas cidades em Inglaterra.

A realidade virtual (VR) é uma outra forma que pode ser utilizada para a saúde mental. Estes dispositivos, amplamente usados por jogadores de computador ou consolas, exibem imagens que podem ser utilizadas para testar as habilidades de navegação de pessoas consideradas em risco de perturbações mentais. Aqueles que nos exames errarem mais, serão os mais propensos ao Alzheimer mais tarde na vida, estudo feito por cientistas.

Ao identificar os pacientes em risco antecipadamente, mais do que é possivel no momento, os cientistas esperam que, a curto prazo, seja mais fácil desenvolver tratamentos para deter ou retardar problemas mentais.

Fonte:

https://www.theguardian.com/mental-health-supplement-2019/2019/may/15/how-technology-is-transforming-mental-health-treatment

AlertaMente: Associação Nacional para a Saúde Mental

Organização Sem Fins Lucrativos | NIPC: 514877430 | CAE Principal: 94995

© 2018 alertamente.org

All Rights Reserved​